Principais desequilíbrios hidroeletrolíticos

    Desequilíbrio hidroeletrolítico

    Conheça os principais desequilíbrios hidroeletrolíticos, relacionados ao volume, aumento ou diminuição de eletrólitos.

    Para iniciar, é essencial falarmos destes eletrólitos que estão presentes na nossa ingesta diária alimentar (alimentos, líquidos) os quais são absorvidos no nosso organismo, exercendo um papel específico em diversos processos bioquímicos, mantendo assim a homeostase, ou seja, um equilíbrio.

    Sendo assim, se houver um desequilíbrio entre concentração e volume (aumento/diminuição) dos eletrólitos ou da água no corpo, podemos ter alguns distúrbios, os chamados desequilíbrios hidroeletrolíticos, como por exemplo:

    • Hipervolemia
    • Hipovolemia
    • Hipernatremia
    • Hipercalemia
    • Hipercalcemia
    • Hiponatremia
    • Hipocalemia
    • Hipocalcemia

    Significado de Hipovolemia e Hipervolemia

    A hipovolemia é uma diminuição do volume sanguíneo, podendo causar até choque hipovolêmico. A hipovolemia pode ocorrer quando há perdas como no vômitos, diarreia, hemorragias e em grandes queimaduras, por exemplo. Na desidratação, temos manifestações clínicas como a sede, pele e mucosas secas, perda de peso, turgor cutâneo alterado, taquicardia, hipotensão, taquipneia, letargia e oligúria.

    Já a hipervolemia é o excesso de volume, podendo estar relacionada à insuficiência cardíaca e renal.

    Significado de Hiponatremia e Hipernatremia

    Nestes casos temos a relação do cátion extracelular Sódio (Na – símbolo na tabela periódica), importante na bomba de sódio e potássio, impulsos nervosos, contração muscular e relação direta com a água. A hiponatremia são valores baixos de sódio (135 mEq/L) que podem causar confusão e fraqueza muscular e hipernatremia (145 mEq/L) valores elevados, que pode causar paralisia ou convulsão. É importante ressaltar também o papel dos rins na regulação do sódio e potássio, além de outros eletrólitos e água.

    Significado de Hipocalemia e Hipercalemia

    O desequilíbrio envolve o cátion intracelular Potássio (K símbolo na tabela periódica). Vale lembrar que este desequilíbrio é considerado grave, podem levar o indivíduo a morte pela alteração da excitabilidade e condutividade cardíaca (arritmias, PCR) A hipocalemia é a diminuição de potássio (3,5 mEq/L) e a hipercalemia é o aumento (5,5 mEq/L).

    Significado de Hipocalcemia e Hipercalcemia

    O cálcio (Ca) é um elemento químico que participa de vários processos, como formação e crescimento ósseo, estrutura das membranas das células, condução de estímulos cardíacos, coagulação sanguínea, regulação tireóide/paratireóide. As referências são entre 8,5-10,2 mg/dL. A hipocalcemia são valores abaixo enquanto que a hipercalcemia são valores acima

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *