Vigimed: funcionamento e notificações

    VigiMed

    O que é o Vigimed

    Vigimed é um software de farmacovigilância que foi implantado em dezembro de 2018 para notificação de eventos adversos relacionados a medicamentos e vacinas.

    O que notificar no Vigimed?

    Segundo orientação da Anvisa, podemos notificar no Vigimed qualquer ocorrência médica indesejável devido ao uso de medicamentos e vacinas, a citar:

    1. Reações adversas ou nocivas;
    2. Erros na administração do medicamento;
    3. Uso abusivo;
    4. Ausência ou redução do efeito esperado (inefetividades terapêuticas);
    5. Uso com finalidade diferente do indicado na bula;
    6. Reações causadas por medicamentos utilizados durante a gravidez e amamentação.

    Vale destacar que nesta fase inicial de implantação, os cidadãos de todo o país e profissionais de saúde não cadastrados no Notivisa poderão utilizar o formulário disponível neste link.

    Não é necessário cadastro prévio para utilizar este sistema. Após a notificação feita no Vigimed, a Anvisa identifica, avalia e monitora a ocorrência dos eventos adversos relacionados ao uso dos medicamentos comercializados no mercado do país.

    O objetivo desta vigilância é garantir que os benefícios do uso dos medicamentos sejam maiores que os riscos causados, de forma a trazer segurança para todos os cidadãos.

    Vigimed X Notivisa

    Segundo informações da Anvisa, Hospitais que fazendo parte da Rede Sentinela e os Núcleos de Segurança de Paciente devem continuar utilizando o Notivisa, pois a transição entre os sistemas ocorrerá de forma gradual ao longo do ano.

    Fonte: anvisa.org.br

     

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *