Conheça a Resolução 639/2020 sobre ventilação mecânica

    Resolução 639/2020

    A Resolução 639/2020 publicada recentemente pelo COFEN, Conselho Federal de Enfermagem, dispõe sobre as competências do Enfermeiro no cuidado aos pacientes em ventilação mecânica no ambiente extra e intra-hospitalar.

    Resolução 639/2020

    Foi publicado no dia 06 de maio esta Resolução que respaldam os Enfermeiros a respeito de suas competências envolvendo o cuidado com pacientes em ventilação mecânica, assistência requerida em muitos casos, principalmente nesta pandemia do Covid 19. Veja os principais pontos destacados no documento:

    No que confere à montagem, testagem e instalação de aparelhos de ventilação mecânica no Art. 3º temos:

    I – a fixação e centralização do tubo traqueal, assim como a monitorização da pressão do cüff (balonete) da prótese em níveis seguros e a averiguação quanto ao seu correto posicionamento;

    II – a realização e a avaliação da necessidade de aspiração das vias aéreas nos pacientes sob ventilação mecânica, de acordo com as diretrizes elencadas na Resolução Cofen nº 557/2017;

    III – a realização e/ou prescrição dos cuidados em relação ao orifício da traqueostomia e à integridade da pele periestomal;

    IV – a realização e/ou prescrição de higiene bucal, incluindo o uso do gluconato de clorexidina 0,12% ou outras soluções antissépticas cientificamente recomendadas, em pacientes sob ventilação mecânica;

    V – participar da decisão, da realização e/ou prescrição na Equipe de Enfermagem dos procedimentos relacionados à pronação de pacientes sob ventilação mecânica e aplicação dos cuidados relacionados a prevenção dos incidentes associados;”

    O documento prevê estas orientações para pacientes adultos, pediátricos e neonatais.

    Quando falamos desta condição, devemos recordar também da implementação de medidas de prevenção de pneumonia associada à ventilação mecânica (PAV). Esta pneumonia é uma das Infecções Relacionadas à Assistência à Saúde (IRAS) encontradas nas Unidades de Terapia Intensiva (UTIs), representando números expressivos nas taxas de morbimortalidade e influenciando no tempo de internação hospitalar e nos custos assistenciais. Para saber mais sobre prevenção de PAV clique aqui.

    Fonte: cofen.gov.br

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *