Educação permanente em saúde

Introdução à Educação Permanente em Saúde

    A Educação Permanente é considerada num universo mais amplo, uma formação pautada na integralidade do ser humano com um referencial problematizador, com premissas na atualização cotidiana das práticas. Esta prática é necessária para o desenvolvimento do indivíduo e para viabilizar uma assistência de qualidade, requerendo aos profissionais de saúde ações com conhecimento, habilidade e competência.

    Como funciona a acreditação hospitalar

    Definindo o processo de Acreditação hospitalar

      O processo de acreditação é pautado na avaliação de padrões de referência e indicadores já previamente definidos. A solicitação da instituição para a acreditação é voluntária e periódica sendo necessária a escolha da entidade acreditadora que realizará a metodologia referida na avaliação in locu.

      Planejamento em saúde

      Conceitos básicos sobre o Planejamento em saúde

        No processo de trabalho em saúde, o planejamento das ações é essencial para que o profissional desempenhe suas atividades gerenciais de forma eficiente e eficaz, com reflexos positivos na qualidade e segurança da assistência prestada aos usuários. Assim, entende-se planejamento como a programação de estratégias e ações na ótica de alcançar e efetivar metas e estratégias pré determinadas. O planejamento pode ainda ser contextualizado de acordo com sua abrangência, sendo ele de nível estratégico, tático e operacional.

        Enfermagem e liderança de equipe

        Práticas de Liderança em Enfermagem

          No processo de trabalho da enfermagem, a liderança configura-se um instrumento gerencial indispensável e essencial, pois permeia a rede das relações humanas do profissional ao coordenar uma equipe de trabalho, além de contribuir na tomada de decisões e no enfrentamento de conflitos, comuns no cotidiano de uma instituição de saúde.

          Supervisão em enfermagem

          Fundamentos para o Serviço de Supervisão de Enfermagem

          A supervisão é a atividade de orientação, com foco no desenvolvimento técnico e humano das pessoas, cabendo ao enfermeiro o desenvolvimento de sua equipe. Esta atividade é necessária nos serviços, mas requer análise das situações e informações, reforçando o intuito de aprimorar a assistência.